Menu de Categorias

Postado por em 12/04 em Empoderamento

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES NEGRAS É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES NEGRAS É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA

O evento marca a importância de politizar as violências e a morte de mulheres negras motivadas por sexismo e racismo “As Faces da Violência Contra as Mulheres Negras” é o tema da audiência pública que acontecerá na próxima terça-feira (18), na sala das comissões José Amando da Assembléia Legislativa da Bahia (ALBA), às 9h30. O evento é organizado pela Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB), o Odara – Instituto da Mulher Negra, em parceria com a Comissão Especial da Promoção da Igualdade da ALBA. A audiência é uma ação do projeto Dijó – Mulheres Negras Contra a Violência, articulado pela AMNB em três estados: Minas Gerais, Porto Alegre e Bahia. A ação tem como objetivo acompanhar, denunciar e construir estratégias de enfrentamento a violência doméstica que atinge preferencialmente as mulheres negras no Brasil. De acordo com o “Mapa da Violência 2015: Homicídios de Mulheres no Brasil”, realizado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FlACSO), o assassinato de mulheres negras aumentou 54% nos últimos dez anos, de 1.864...

Read More

Postado por em 04/04 em Ações

MULHERES NEGRAS DA BAHIA FAZEM MANIFESTAÇÃO EM AUDIÊNCIA DE CASO MARIA DA PENHA

MULHERES NEGRAS DA BAHIA FAZEM MANIFESTAÇÃO EM AUDIÊNCIA DE CASO MARIA DA PENHA

A vítima ficou  na UTI após o atentado, e o réu está respondendo em liberdade O movimento de mulheres negras da Bahia acompanhou nesta segunda –feira (3), mais um caso de violência doméstica e tentativa de homicídio contra mulher, em Salvador. A segunda audiência do caso que deixou dona Rosa hospitalizada por mais de um mês, aconteceu no 1º Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Sussuarana. O réu José Carlos Rodrigues dos Santos está respondendo ao caso em liberdade. Dona Rosa foi vitima do ex-companheiro, em maio de 2016, com seis facadas após ameaçar denunciá-lo a polícia por invasão domiciliar, furto e ameaça de morte.  Dona Rosa foi internada  na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE), mas conseguiu sair com vida. Durante a audiência foram ouvidos o acusado e as testemunhas de acusação que acompanharam o relacionamento, as ameaças e a tentativa de homicídio.  O réu foi enquadrado na Lei Maria da Penha e por tentativa de homicídio qualificado. “Nós queremos...

Read More

Postado por em 13/03 em Mulher

Comunidades religiosas se encontram para debater intolerância e democracia

Comunidades religiosas se encontram para debater intolerância e democracia

  Projeto Mulheres de Axé organiza a 3ª roda de conversa no último sábado (11). Intolerância religiosa, laicidade do Estado, fortalecimento das crenças religiosas e dos terreiros, troca de saberes intergeracional e educação de axé foram temas debatidos na 3ª Roda de Diálogo Mulheres de Axé Contra a Intolerância Religiosa e pela Democracia, realizada pelo Odara – Instituto da Mulher Negra, no último sábado (11), no terreiro Ilê Axé Oyá Tolá, em Candeias (Ba). Durante o encontro diversas participantes afirmaram a importância das religiões de matriz africana para o fortalecimento da luta de enfrentamento ao racismo no Brasil. “A nossa religião tem um papel fundamental para sustentar nossa luta diária pela sobrevivência. O candomblé assegura força para que nós, comunidade negra, continue lutando.”, afirmou Valdecir Nascimento, coordenadora executiva do Odara. Para a yalorixá Raidalva Santos, do terreiro Ilê Axé Oyá Tolá a vivência e criação das pessoas de axé as reposiciona no mundo de forma diferente preservando os ensinamentos dxs mais velhxs, as tradições e o resguardo de uma...

Read More

Postado por em 01/12 em Ações

Parceiros do UNFPA debatem direitos sexuais e reprodutivos em comunidades de Salvador

Parceiros do UNFPA debatem direitos sexuais e reprodutivos em comunidades de Salvador

  Em comunidades de Salvador, parceiros do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) oferecem espaços seguros para que jovens possam conversar sobre planejamento familiar e direitos sexuais É sábado pela manhã e o auditório do Centro Cultural Alagados, sede da REPROTAI — Rede de Protagonistas em Ação de Itapagipe — tem casa cheia. Na comunidade em Salvador, Bahia, a luta contra o zika tem o apoio de movimentos sociais que questionam as injustiças sociais na cidade. O encontro no final de semana é uma das ações promovidas pelo parceiro do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) para debater direitos reprodutivos e sexuais com moradores de Itapagipe. “Durante todos esses anos de racismo ambiental, cultural, machismo e violação dos direitos humanos a gente ainda consegue ter filhos criados, a gente consegue levantar e trabalhar, a gente vem aqui na comunidade do Uruguai e vê jovem fazendo arte, dançando, cantando. Com todos esses anos de violação de direitos humanos a gente consegue construir formas positivas de sobrevivência”, ressalta a...

Read More

Postado por em 22/11 em Ações

II Congresso sobre o Pensamento das Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africana  -Portal Soteropreta

II Congresso sobre o Pensamento das Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africana -Portal Soteropreta

“Explorar a produção de conhecimento promovida pelas mulheres negras em diferentes áreas e divulgar o pensamento destas mulheres e suas diversas atuações e linguagens no campo cultural, social e político”. Este foi o objetivo do I Congresso sobre o Pensamento de Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africana, realizado, em 2014. Será nos dias 23 e 24 de novembro, na Uneb (Cabula). Agora, neste mês, chega sua II edição com mesas-redondas, apresentações de trabalho e workshops, para unir pesquisadoras/es em torno do tema “SOMOS TODAS LUIZA BAIRROS”, uma homenagem a Luiza Bairros e seu legado de ensinamentos negros e feministas no enfrentamento do racismo e sexismo. O II Congresso sobre o Pensamento das Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africanareunirá alternativas de reflexão e estudos acerca das desigualdades raciais e de gênero. Nesta edição será realizado pelos coletivos e movimentos: CEGRES DIADORIM/UNEB, Criola/RJ, Grupo de Pesquisa Candaces/UNEB, Grupo de Pesquisa em Cultura, Linguagens e Educação, DEDC/Campus I e com apoio do NUPE/DEDC. A programação integra o V Kizomba, evento organizado anualmente pelo...

Read More
Página 2 de 3212345...Última »