Menu de Categorias

Postado por em 04/12 em Mulher

Ana Célia Silva é homenageada em Seminário dos dez anos da Lei 10.639

Ana Célia Silva é homenageada em Seminário dos dez anos da Lei 10.639

No dia 06 de dezembro (sexta-feira) acontecerá homenagem à professora doutora e ativista histórica do movimento negro no Brasil, Ana Célia Silva. A solenidade será realizada durante o Seminário Nacional “Axé – 10.639 maneiras de vivenciar africanidades” organizado pelo Odara – Instituto da Mulher Negra, no Museu de Arte Sacra, às 17h30. O Seminário Nacional “Axé – 10.639 maneiras de vivenciar africanidades” que será realizado  de 06 a 08 de dezembro, em Salvador e Candeias, tem o objetivo de refletir e debater os dez anos da Lei 10.639/03, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio e capacitar 150 profissionais da área de educação do país em Educação para Relações Étnico-Raciais e de Gênero. Sobre a homenageada Autora dos livros A Discriminação do Negro no Livro Didático e Desconstruindo a Discriminação do Negro no Livro Didático e A Representação Social do Negro no Livro Didático: O que mudou? Por que mudou?, pela editora Edufba, Ana Célia tem desenvolvido trabalhos...

Read More

Postado por em 04/12 em Empoderamento

Odara lança livro Negras (in) Confidências Bullying, não. Isto é Racismo.

Odara lança livro Negras (in) Confidências Bullying, não. Isto é Racismo.

Livro evidencia a discussão da questão racial dentro das escolas e propõe uma reflexão sobre as estratégias metodológica após 10 anos da Lei 10.639   Como marco reflexivo dos 10 anos da Lei 10.639, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio o Odara- Instituto da Mulher Negra lança nesta sexta-feira, 06 de dezembro livro Negras (in) Confidências Bullying, não. Isto é Racismo.  O lançamento acontecerá no Museu de Arte Sacra durante o Seminário Nacional: “Axé – 10.639 maneiras de vivenciar africanidades”, às 17h. O Livro foi organizado pelas educadoras e ativistas negras Benilda Brito e Valdecir Nascimento e se transformou em uma prova contundente de como os ataques verbais às crianças negras são, essencialmente, a consagração do racismo.  Para as autoras as histórias revelam as vivências raciais de crianças negras na escola. “Cada relato conta de forma particular a experiência dolorosa de toda criança negra no espaço escolar. É preciso...

Read More

Postado por em 18/11 em Empoderamento

Especialistas cobram medidas para reduzir mortalidade materna

Especialistas cobram medidas para reduzir mortalidade materna

Em audiência pública, debatedores ressaltaram a persistência da mortalidade materna como problema de saúde pública no Brasil. Onze anos depois da morte da gestante Alyne da Silva Pimentel Teixeira por falhas na assistência prestada pela rede pública de saúde no Rio de Janeiro e dois anos após o Estado brasileiro ter sido responsabilizado pelo caso por órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), ainda é precário o atendimento às gestantes no Brasil. A conclusão é de especialistas que participaram, na quinta-feira, de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos (CDH) que discutiu a implementação das recomendações da Convenção para a Eliminação de Todas as Formas de discriminação contra a Mulher (Cedaw), vinculada à ONU, feitas no caso Alyne Teixeira. O caso se tornou a primeira condenação internacional do órgão por morte materna evitável, conforme ressaltou a presidente da CDH, Ana Rita (PT-ES). – É um caso emblemático, uma referência para discutirmos outras situações semelhantes. Apesar da redução do óbito materno no Brasil nas últimas décadas, a mortalidade materna...

Read More

Postado por em 18/11 em Mulher

Carta de Brasilia: Compromisso com o processo de construção da marcha das mulheres negras brasileiras

Carta de Brasilia: Compromisso com o processo de construção da marcha das mulheres negras brasileiras

Nós, mulheres negras brasileiras pertencentes a diversas organizações do movimento social de mulheres negras e do movimento social negro, participantes da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – CONAPIR, realizada no período de 05 a 07 de novembro de 2013, em Brasília – DF, com o tema “Democracia e Desenvolvimento sem Racismo: Por um Brasil Afirmativo”, declaramos nosso reconhecimento e nosso compromisso com o processo de construção da Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo e Pelo Bem Viver – 2015, em Brasília. Somos 49 milhões de Mulheres Negras que constroem cotidianamente a riqueza desse país, e, no entanto, somos a parcela mais pobre e discriminada da população brasileira, com acesso limitado à educação, à saúde, à moradia digna, ao saneamento básico, ao trabalho e renda decente, à segurança para nós e nossas famílias. Somos as que morrem em vida pelo genocídio engendrado contra nossos familiares. Por isso marcharemos rumo à Brasília em 2015: • Para exigir do Estado Brasileiro e dos diferentes setores da sociedade o fim do racismo, da discriminação racial e de toda...

Read More
Página 32 de 34« Primeira...3031323334