Menu de Categorias

Postado por em 06/05 em Empoderamento

CESE e SOS Corpo divulgam relação de projetos apoiados

CESE e SOS Corpo divulgam relação de projetos apoiados

É com alegria que divulgamos nesta quinta-feira (30) a relação das organizações que serão apoiadas pelo Projeto Mulheres Negras e Populares: Traçando Caminhos e Construindo Direitos, uma realização da CESE – Coordenadoria Ecumênica de Serviço e SOS Corpo – com financiamento da União Europeia. http://www.cese.org.br/wp-content/uploads/2015/05/Rela%C3%A7%C3%A3o-dos-Projetos-Apoiadosv2.pdf Alertamos que a efetivação do apoio será feita mediante fornecimento da documentação especificada na Chamada Pública e/ou adequação das propostas, conforme contato que será feito pela equipe da CESE. Durante o período das inscrições (de 2 de fevereiro a 15 de março), foram recebidos 131 projetos de todo o país – a grande maioria do Nordeste (89%) e Norte (6%). Um total de 54% das iniciativas provém de áreas urbanas e 35% de zonas rurais. Todas as propostas foram avaliadas com base nos critérios pré-definidos e contribuem para o fortalecimento do protagonismo de mulheres negras e de setores populares das regiões Norte e Nordeste, no debate público na sociedade brasileira e nos processos de participação social referidos às políticas governamentais de combate à pobreza e...

Read More

Postado por em 31/03 em Empoderamento

Kbela: Filme sobre transição capilar e identidade ganha primeiro teaser

Kbela: Filme sobre transição capilar e identidade ganha primeiro teaser

As histórias de transição capilar ou mesmo da resistência e luta de mulheres pelo direito de ter sua beleza natural sem intervenção da indústria e da opinião da sociedade são tão fortes e inspiradoras que podem ser facilmente transformadas em enredos para filmes. E foi isso que fez a estudante de Comunicação Social Yasmin Thayná, que roteirizou e dirigiu o filme Kbela. O primeiro teaser já foi divulgado, e com previsão de estreia. Dá o play lá em cima! Yasmin contou a Ovelha que o filme busca refletir sobre o lugar da mulher negra na sociedade contemporânea, os atuais padrões de beleza, sua expressão, autoimagem e identidade. Ela define: “Temos dito que é uma experiência sobre ser mulher e tornar-se negra. O filme é uma sequência de metáforas presentes no cotidiano de boa parte das mulheres negras do mundo”. O roteiro do filme é baseado no conto da MC K_bela, que narra a história de uma menina negra, moradora da Baixada Fluminense, que passou por um processo de embranquecimento durante...

Read More

Postado por em 25/02 em Empoderamento

Rede de Mulheres Negras da Bahia realiza oficina de elaboração de projetos para organizações de mulheres negras

Rede de Mulheres Negras da Bahia realiza oficina de elaboração de projetos para organizações de mulheres negras

No próximo domingo, 01 de março, a Rede de Mulheres Negras da Bahia realizará oficina de elaboração de projetos com lideranças do movimento de mulheres negras da Bahia.  A oficina acontecerá das 8h às 17h, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores da Previdência Social da Bahia (Sindiprev/Ba), localizado na Rua Engenheiro Silva e Lima, nº 04, no bairro de Nazaré. O objetivo da formação é garantir o fortalecimento institucional das organizações de mulheres negras e contribuir para mobilização de recursos direcionados ao movimento de mulheres negras. A formação também  irá trabalhar com foco na apresentação de editais locais, estaduais e nacionais, que apontam recursos para ações e atividades relacionada a agenda política das mulheres negras.  Para participar basta enviar email para o Odara – Instituto da Mulher Negra...

Read More

Postado por em 06/02 em Empoderamento

Chamada pública garante apoio para projetos de mulheres negras

Chamada pública garante apoio para projetos de mulheres negras

A Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE e o SOS Corpo – Instituto Feminista para Democracia convidam organizações e movimentos populares para participar da seleção de projetos no âmbito da iniciativa Mulheres negras e populares: Traçando Caminhos, Construindo Direitos, que tem como objetivo: “fortalecer o protagonismo das mulheres negras e de mulheres de setores populares do Norte e Nordeste, e suas organizações, no debate público na sociedade brasileira e nos processos de participação social referentes às políticas governamentais de combate à pobreza, e de inclusão social de mulheres e da população negra.” Organizações responsáveis pela implementação da iniciativa: • A Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE é uma entidade filantrópica, fundada em 1973, com sede em Salvador, Bahia. É composta institucionalmente por igrejas cristãs e tem como missão fortalecer movimentos sociais e grupos populares empenhados nas lutas por transformações políticas, econômicas e sociais que conduzam a estruturas em que prevaleça democracia com justiça, intermediando recursos financeiros e compartindo espaços de diálogo e articulação. Um dos meios para cumprir sua...

Read More

Postado por em 13/01 em Empoderamento

Mulheres negras do Ceará e do Brasil lançam nota contra o Feminicídio e o Racismo Institucional

Mulheres negras do Ceará e do Brasil lançam nota contra o Feminicídio e o Racismo Institucional

Por Miriam, por Gaia, por nós e pelo nosso povo:  Mulheres Negras contra o Feminicídio e o Racismo Institucional Nós, mulheres negras do Ceará e do Brasil, militantes de diferentes movimentos sociais, manifestamos nossa profunda indignação com a violência praticada contra as mulheres. O assassinato brutal e covarde de Gaia Molinari em Jericoacoara, em 24/12, soma-se ao de mais 265 mulheres assassinadas no Ceará em 2014. Se comparado com os números de 2013, onde 214 mulheres foram assassinadas, a taxa de feminicídio cresceu cerca de 25%. Esse número coloca o Ceará no 6º lugar no ranking nacional. O crescente assassinato de mulheres denuncia nossa cultura sexista e a incapacidade do poder público estadual em adotar ações efetivas pelo fim do feminicídio e outras formas de violência contra as mulheres. O crime contra Gaia gera comoção nacional e internacional, diferentemente das outras 265 mulheres assassinadas, pelo fato dela ser um estrangeira europeia. Isso pressiona a polícia civil e a justiça do Ceará a acelerar as investigações, identificar e punir os...

Read More

Postado por em 11/11 em Empoderamento

Anistia Internacional lança campanha sobre o alto índice de homicídios de jovens

Anistia Internacional lança campanha sobre o alto índice de homicídios de jovens

A Anistia Internacional lança no domingo (09/11), às 10h, na pista de skate do Aterro do Flamengo (altura do Museu da República), Rio de Janeiro, a campanha Jovem Negro Vivo. A mobilização chama a atenção para o alto número de mortes de jovens no país, em especial entre a juventude negra. “Além de ser um país com um dos maiores índices de homicídios no mundo, o Brasil está matando mais seus jovens e, entre estes, os negros. Os números são chocantes. Dos 56 mil homicídios que ocorrem por ano, mais da metade são entre os jovens. E dos que morrem, 77% são negros. A indiferença com a qual o tema é tratado na agenda pública nacional é inaceitável. Esteve presente de forma tímida no debate eleitoral, está fora das manchetes dos jornais. Parece que a sociedade brasileira naturalizou esta situação”, afirma Atila Roque, diretor executivo da Anistia Internacional Brasil. Com a campanha Jovem Negro Vivo, a Anistia Internacional convida todas as pessoas a conhecer e contribuir para mudar esta...

Read More
Página 5 de 9« Primeira...34567...Última »