Menu de Categorias

Postado por em 12/06 em Geral

NOTA DE PESAR: Helem Moreira, PRESENTE!

O Odara – Insituto da Mulher Negra lamenta profundamente o falecimento da jovem Helem Moreira, coordenadora do Quilombo Ilha, espaço educacional preparatório para o ingresso de pessoas negras na universidade, com sede na Ilha de Itaparica. Helem foi brutalmente assassinada pelo marido na madrugada do dia 9 de junho. Helem era uma jovem sonhadora, guerreira, militante e feminista. Ela acabava de se formar em Pedagogia, e vivia engajada na luta para que outras negras e negros da ilha tivessem a oportunidade de adentrar à Universidade, e assim poder transformar suas vidas e de seus familiares. O movimento negro perde um de seus expoentes na luta pela defesa do acesso a educação pra todas e todos. Helem se vai e entra na triste estatística de mortes de mulheres negras motivadas pelo machismo, e que leva uma de nós a cada 2 horas, neste país campeão mundial de assassinatos de mulheres e jovens. Helen se vai desta Bahia, estado que ocupa o segundo lugar no Brasil em índices de assassinato de...

Read More

Postado por em 25/05 em Geral

FAMILIARES E MOVIMENTOS SOCIAIS PROTESTAM POR JUSTIÇA PELO ASSASSINATO DE JOVENS NEGROS NA BAHIA

Redação Odara – Instituto da Mulher Negra   Um grito permanente por justiça começará a ser dado nesta sexta-feira (26), em Salvador. Mães, pais, familiares e amigos de vítimas do Estado se reunirão às 14h, no Terreiro de Jesus, no Pelourinho, para reivindicar celeridade nos julgamentos de crimes contra a vida de crianças, adolescentes na Bahia. A ação de rua será constante, toda última sexta-feira do mês, em frente à Catedral Basílica Primacial São Salvador, inspiradas nos protestos das mães da (chacina da) Candelária, em 1993, no Rio de Janeiro, quando a polícia matou oito crianças e adolescentes e deixou dezenas feridos. O ato é uma ação do GRUPO PELA VIDA, que reúne famílias que perderam entes queridos para a violência do Estado, na ação do genocídio do povo negro. “Queremos mostrar que mesmo com nossos filhos silenciados pela violência, ainda sim têm os familiares para buscar justiça com punição, por todo sangue derramado”, conta uma das mães do Grupo, que espera há nove anos na justiça o julgamento...

Read More

Postado por em 13/05 em Geral

SARAU DA ONÇA, EM SALVADOR, FESTEJA SEIS ANOS

O coletivo realiza II Festival de Arte e Cultura Sarau da Onça   Por Ana Paula Rosário   O Coletivo Sarau da Onça é organizado por jovens negros residentes do bairro de Sussuarana, que visam atrair jovens e adolescentes para atividades culturais na comunidade através da arte, poesia marginal e debates. Usando esses mecanismos dão voz aos jovens e denunciam as violações dos direitos da população negra em Salvador. As atividades acontecem no CENPAH – Centro de Pastoral Afro, e atrai vários jovens do bairro de Sussuarana e adjacências. Os saraus fomentam nos jovens a vontade de manifestar seus sentimentos e indignações através da poesia. Vanessa Sena, estudante de psicologia e poetisa afirma: “Na primeira vez que fui ao Sarau, me apaixonei! Vendo a poesia nas pessoas e vendo a poesia renascer em mim. Vi gritos, anseios e desejos, como os meus. E percebi que vale a pena gritar, e se entregar para a arte, e fazer de tudo isso, algo possível de transformar vidas”. São seis anos de...

Read More

Postado por em 11/05 em Geral

Baianas fazem chamada de mobilização para o 2º Encontro Nacional de Negras Jovens

  A terceira reunião de mobilização na Bahia acontece nesta sexta-feira (12)   Está aberta a chamada para construção, mobilização e articulação do 2º Encontro Nacional de Negras Jovens Feministas (2º ENNJF), que será realizado de 06 a 09 de setembro, em São Paulo. A reunião ampliada de mobilização rumo ao encontro acontecerá na próxima sexta-feira (12), às 16h30, na sede do Odara – Instituto da Mulher Negra, Ed. Executivo, n 71, sala 713, Av. Sete (em frente ao Ed. Sulacap, quase na praça Castro Alves). Após a Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, a Violência e Pelo Bem Viver (2015), negras jovens brasileiras de diversos estados perceberam a necessidade de realizar levantamento para saber de que maneira as negras jovens estão organizadas, e como podem atuar em rede. Surge assim a ideia da realização do 2º ENNJF. O encontro pretende fortalecer as ações de negras jovens feministas inseridas nos diferentes espaços e esferas políticos, com foco na relação intergeracional, para elaboração de estratégias de atuação capazes de...

Read More

Postado por em 29/08 em Geral

Lanterna dos Afogados: Genocídio e Feminicídio negro

Lanterna dos Afogados: Genocídio e Feminicídio negro

Por Diosmar Filho[1] O diálogo integra o desafio de pensar a Encruzilhada ao Humanismo no Sul, não aceitando viver aBarbárie, porque sua essência é a manutenção da dimensão temporal do genocídio humano. E as recentes visitas no Recôncavo baiano contribuíram com o desafio. Começando pela visita ao Território Quilombola de São Francisco do Paraguaçu e Boqueirão[2] nas margens do Rio Paraguaçú, nas terras de Dona Maria das Dores e Altino da Cruz – sentir o prazer da luta pelo direito na terra e a transformação nos(as) sujeitos(as). Lá se vão dez anos que conheci, em Salvador, na recepção da CESE[3] Seu Altino, no encontro recebi o convite para lutar contra os grileiros das terras onde se firmou a ancestralidade dos povos africanos. Na resposta, um sim imediato! Aproveitando do momento em São Francisco, visitei o Território Quilombola de Salamina Putumuju[4], uma viagem de 35 minutos de barco – rio abaixo. Não demorei em Salamina, logo alertaram do tempo e da maré – já que sou verde para o balanço do mar. O tempo...

Read More

Postado por em 07/07 em Geral

SEMINÁRIO, EM SALVADOR, TRATA DAS MULHERES NEGRAS NOS CAMPOS DA MÍDIA, REPRESENTAÇÃO E MEMÓRIA

                                          A atividade, organizada pelo Odara Instituto da Mulher negra, faz parte da programação da 4ª edição do Julho das Pretas Com o intuito de debater temas como representação, memória coletiva, e espaço político das mulheres negras, o Odara – Instituto da Mulher Negra realizará o “Seminário Mulheres Negras No Foco: Mídia, representação e Memória”, no Auditório da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris), em Salvador, nos dias 7 e 8 de julho. As inscrições para o seminário podem ser realizadas através do email: julhodaspretas2016@gmail.com  até o dia 29 de junho. O evento faz parte da programação da 4ª edição do Julho das Pretas, na Bahia, e vai debater sobre as mulheres negras e o acesso ao direito à comunicação, representação política, construção dos discursos e narrativas de luta negra e feminista, estratégias e desafios para assegurar o registro e memória da história desta população. O objetivo do seminário...

Read More
Página 1 de 2412345...Última »