Menu de Categorias

Postado por em 13/05 em Geral, Mulher

Neste 13 de Maio, regulamentação do Estatuto da Igualdade Racial em debate pela Cojira DF

Neste 13 de Maio, regulamentação do Estatuto da Igualdade Racial em debate pela Cojira DF

Na próxima segunda-feira, 13 de maio,  a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial do Distrito Federal (COJIRA – DF) realiza, a partir das 19h, debate público para discutir ações que promovam a igualdade racial no mercado de trabalho. A data foi escolhida por ser o Dia Nacional de Denúncia contra o Racismo e marcar o aniversário de 125 anos da promulgação da lei que aboliu a escravidão no país. Intitulado “Abolição 2013: ações afirmativas para a população negra no mercado de trabalho”, o debate vai reunir especialistas da sociedade civil, do Poder Público e da Academia  para discutir a regulamentação da Lei 12288/10 que instituiu o Estatuto da Igualdade Racial e em seu artigo 39 prevê: “O poder público promoverá ações que assegurem a igualdade de oportunidades no mercado de trabalho para a população negra, inclusive, mediante a implementação de medidas visando à promoção da igualdade nas contratações do setor público e o incentivo à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas”. Na ocasião, também ocorrerá o lançamento...

Read More

Postado por em 26/04 em Geral, Mulher

Ialorixá Mãe Stella de Oxóssi é a nova ‘imortal’ da Academia de Letras da BA

Ialorixá Mãe Stella de Oxóssi é a nova ‘imortal’ da Academia de Letras da BA

Ialorixá Mãe Stella de Oxóssi é a nova ‘imortal’ da Academia de Letras da BA Mãe-de-santo foi eleita pelos acadêmicos na tarde desta quinta-feira (25). Ela ocupa cadeira 33, que era do historiador e professor Ubiratan Castro. A ialorixá do terreiro Ilê Axé Opó Afonjá, Mãe Stella de Azevedo dos Santos, também chamada de Mãe Stella de Oxóssi, a partir desta quinta-feira (24), passa a ocupar a cadeira de número 33 da Academia de Letras da Bahia. A mãe-de-santo recebeu 22 votos dos acadêmicos em sessão realizada nesta quinta-feira (25) com objetivo de escolher o novo nome para vaga deixada pelo historiador Ubiratan Castro, que morreu em janeiro. Mãe Stella foi comunicada pelo presidente da Academia, Aranis Ribeiro Costa, e aceitou ser a nova “imortal”. “Acredito que é a primeira vez que uma mãe-de-santo entra em uma Academia de Letras. Isso é absolutamente pioneiro, não tenho conhecimento disso em nenhum outra do Brasil ou do mundo. Representa o reconhecimento de uma cultura, de uma raça e da história de um...

Read More
Página 9 de 9« Primeira...56789