Menu de Categorias

Postado por em 12/07 em Ações

DIVULGADA: Agenda geral do Julho das Pretas Bahia 2017

DIVULGADA: Agenda geral do Julho das Pretas Bahia 2017

  Fortalecer a homenagear a luta das mulheres tem sido uma das demandas mais importantes do movimento de mulheres negras da Bahia e todo o país. Após a realização da Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, a Violência e Pelo Bem Viver, em Brasília (2015) a organização política das mulheres negras tem se tornado uma demanda central para o conjunto de ativistas, coletivos e organizações do movimento de mulheres negras. Com isso, as múltiplas atividades e ações tem tomado conta do mês de Julho, quando comemoramos o 25 de Julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha e o Dia Nacional de Tereza de Benguela. Durante todo o mês são realizados atos, passeatas, marchas, rodas de diálogo, seminários, saraus, oficinas com foco na vizibilização das lutas das mulheres negras e das suas estratégias de enfrentamento ao racismo e as opressões. Na Bahia, há cinco anos o movimento de mulheres negras organiza o Julho das Pretas. Uma agenda comum, coletiva e propositiva com organizações baianas e...

Read More

Postado por em 04/04 em Ações

MULHERES NEGRAS DA BAHIA FAZEM MANIFESTAÇÃO EM AUDIÊNCIA DE CASO MARIA DA PENHA

MULHERES NEGRAS DA BAHIA FAZEM MANIFESTAÇÃO EM AUDIÊNCIA DE CASO MARIA DA PENHA

A vítima ficou  na UTI após o atentado, e o réu está respondendo em liberdade O movimento de mulheres negras da Bahia acompanhou nesta segunda –feira (3), mais um caso de violência doméstica e tentativa de homicídio contra mulher, em Salvador. A segunda audiência do caso que deixou dona Rosa hospitalizada por mais de um mês, aconteceu no 1º Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri, em Sussuarana. O réu José Carlos Rodrigues dos Santos está respondendo ao caso em liberdade. Dona Rosa foi vitima do ex-companheiro, em maio de 2016, com seis facadas após ameaçar denunciá-lo a polícia por invasão domiciliar, furto e ameaça de morte.  Dona Rosa foi internada  na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE), mas conseguiu sair com vida. Durante a audiência foram ouvidos o acusado e as testemunhas de acusação que acompanharam o relacionamento, as ameaças e a tentativa de homicídio.  O réu foi enquadrado na Lei Maria da Penha e por tentativa de homicídio qualificado. “Nós queremos...

Read More

Postado por em 01/12 em Ações

Parceiros do UNFPA debatem direitos sexuais e reprodutivos em comunidades de Salvador

Parceiros do UNFPA debatem direitos sexuais e reprodutivos em comunidades de Salvador

  Em comunidades de Salvador, parceiros do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) oferecem espaços seguros para que jovens possam conversar sobre planejamento familiar e direitos sexuais É sábado pela manhã e o auditório do Centro Cultural Alagados, sede da REPROTAI — Rede de Protagonistas em Ação de Itapagipe — tem casa cheia. Na comunidade em Salvador, Bahia, a luta contra o zika tem o apoio de movimentos sociais que questionam as injustiças sociais na cidade. O encontro no final de semana é uma das ações promovidas pelo parceiro do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) para debater direitos reprodutivos e sexuais com moradores de Itapagipe. “Durante todos esses anos de racismo ambiental, cultural, machismo e violação dos direitos humanos a gente ainda consegue ter filhos criados, a gente consegue levantar e trabalhar, a gente vem aqui na comunidade do Uruguai e vê jovem fazendo arte, dançando, cantando. Com todos esses anos de violação de direitos humanos a gente consegue construir formas positivas de sobrevivência”, ressalta a...

Read More

Postado por em 22/11 em Ações

II Congresso sobre o Pensamento das Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africana  -Portal Soteropreta

II Congresso sobre o Pensamento das Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africana -Portal Soteropreta

“Explorar a produção de conhecimento promovida pelas mulheres negras em diferentes áreas e divulgar o pensamento destas mulheres e suas diversas atuações e linguagens no campo cultural, social e político”. Este foi o objetivo do I Congresso sobre o Pensamento de Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africana, realizado, em 2014. Será nos dias 23 e 24 de novembro, na Uneb (Cabula). Agora, neste mês, chega sua II edição com mesas-redondas, apresentações de trabalho e workshops, para unir pesquisadoras/es em torno do tema “SOMOS TODAS LUIZA BAIRROS”, uma homenagem a Luiza Bairros e seu legado de ensinamentos negros e feministas no enfrentamento do racismo e sexismo. O II Congresso sobre o Pensamento das Mulheres Negras no Brasil e na Diáspora Africanareunirá alternativas de reflexão e estudos acerca das desigualdades raciais e de gênero. Nesta edição será realizado pelos coletivos e movimentos: CEGRES DIADORIM/UNEB, Criola/RJ, Grupo de Pesquisa Candaces/UNEB, Grupo de Pesquisa em Cultura, Linguagens e Educação, DEDC/Campus I e com apoio do NUPE/DEDC. A programação integra o V Kizomba, evento organizado anualmente pelo...

Read More

Postado por em 21/10 em Ações

ONU Mulheres lançará pesquisa e documentário “Precisamos falar com os Homens?”, em Salvador

ONU Mulheres lançará pesquisa e documentário “Precisamos falar com os Homens?”, em Salvador

A ONU Mulheres em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM) e o Odara – Instituto da Mulher Negra lançará no dia 01 de novembro, das 10 ás 13h, no Cinemark (Salvador Shopping), na capital baiana, o documentário e pesquisa chamados Precisamos Falar com os Homens? – Uma Jornada pela Igualdade de Gênero. O objetivo desse projeto é entender como os homens podem participar do diálogo pela igualdade de gênero e identificar como as mulheres percebem o papel dos homens na sua vida e na sociedade hoje, apontando as principais tensões culturais que geram desigualdade.  ...

Read More

Postado por em 03/10 em Ações

Relatora da OEA classifica como “terrível” a violência contra população negra no Brasil

Relatora da OEA classifica como “terrível” a violência contra população negra no Brasil

Texto: Midiãn Santana Fotografia: Alane Reis Em missão à Salvador (BA), na última quinta-feira (29), Margarette May Macaulay, a relatora da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos), participou de uma audiência pública com ativistas de movimentos sociais para escutar relatos sobre casos de violência e violação de direitos ocorridos no Brasil, em especial aqueles diretamente ligados às discriminações e o racismo. No encontro realizado no Hotel Golden Tulip, no bairro Rio Vermelho, a relatora da OEA, organização que em junho deste ano aprovou a recomendação de realização de uma série de atividades no marco da Década Internacional de Afrodescendentes, instituída pela ONU em 2015, tomou conhecimento sobre diversos tipos de violências provocadas contra a população negra no Brasil, atingindo na maioria os jovens negros, maiores vítimas de homicídios, e as mulheres negras que sofrem com o racismo institucional nos serviços de saúde. Margarette destacou a preocupação com a violência contra as mulheres negras. “Tenho escutado há anos histórias sobre violência contra a mulher, mas...

Read More
Página 1 de 1012345...Última »