Espaço Griot Ana Célia da Silva

Bem [email protected] ao espaço Griot – Ana Célia da Silva, um acervo bibliográfico de intelectuais negras, sob as mais variadas perspectivas e disciplinas. As referências concernem à produção, sobretudo, brasileira de/sobre as contribuições do povo negro na formação cultural, histórica, política e religiosa, em diferentes períodos históricos.

Mulheres negras que como a nossa homenageada Ana Célia Silva, Lélia Gonzalez, Beatriz Nascimento, Neusa Santos Souza, Carolina Maria de Jesus, Luiza Bairros, Conceição Evaristo, Sueli Carneiro e de outros países como Sojourner Truth, Ângela Davis, bell hooks, Ochy Curiel, Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí desafiaram com suas escritas, crenças e ativismo as convenções de sua época para falar publicamente contra sistemas opressivos e de escravidão, que historicamente subjugaram as mulheres negras. Uma tradição de movimento antiescravistas, antirracista, antissexista, antilgbtfobico em defesa dos direitos das mulheres que influenciam e definem esse pensamento em diferentes períodos históricos.

Pretendemos assim compartilhar produções no âmbito desta plataforma digital, publicações que abordam um conhecimento pautado na visão de mundo afrocentrada, produzido por intelectuais negras/os, tornando mais acessível esse legado cultural, político e científico, acerca do pensamento, presença e das condições de vida deste sujeito em sociedades afro-atlânticas.

Publicações