Conheça a campanha Pretas no Poder! 

Historicamente, Mulheres Negras têm seus espaços negados na política, seja partidária ou não. O relatório “Violência Política de Gênero e Raça no Brasil – 2021: Eleitas ou não, mulheres negras seguem desprotegidas”, realizado pelo Instituto Marielle Franco no ano de 2021, mostra como a violência política de gênero ainda é pouco observada a partir das relações raciais, impedindo uma compreensão ampla das problemáticas e ameaças que envolvem a participação de mulheres negras na política eleitoral.

Considerando o cenário desfavorável e aproveitando o ensejo do ano eleitoral de 2022, lançamos a campanha “Pretas no Poder”.

Realizada pela Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB) e Odara – Instituto da Mulher Negra por meio da ação do projeto Pretas no Poder: Participação Política, Representatividade e Segurança de Ativistas Negras, a campanha trará, até o mês de outubro, uma série de publicações nas redes sociais, com objetivo de elucidar a função do voto e da democracia, provocar partidos sobre a falta de investimento em candidaturas de mulheres negras, visibilizar ações políticas protagonizadas por mulheres negras já eleitas e incentivar o voto em mulheres negras comprometidas com as pautas das desigualdades e bem viver .

A Campanha busca gerar reflexão sobre a participação política de mulheres negras nos espaços de representatividade política e situações às quais são expostas no processo do pleito até a eleição, tensionando a consolidação de uma democracia plurirracial centrada no combate às opressões e no Bem Viver.  

Assim, pretendemos fortalecer a participação política de mulheres negras, provocando debates e reflexões para os setores da sociedade civil, dando foco às discussões sobre violência política interseccionadas com raça, gênero, identidade de gênero e sexualidade. 

Pensaremos em novas estratégias e movimentos de enfrentamento e de elaboração dos temas, sobretudo na região Nordeste e na América Latina, como centros de disputa dessa articulação política.
Acompanhe e participe nas redes sociais da AMNB e Instituto Odara!

Assine o Boletim Odara:



Compartilhe:

Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.