Quilombolas de Cachoeira realizam Feira de Cultura Afro-brasileira e atraem visitantes à região do Iguape

Nos dias 28 e 29 de novembro a comunidade quilombola de Santiago do Iguape, localizada a 15 km do centro de Cachoeira, no Recôncavo Baiano, realiza a Feira de Cultura Afro-brasileira do Iguape, a primeira iniciativa de natureza comunitária que vem há seis anos envolvendo diferentes convidados e um público interessado na interação a partir do turismo sustentável, promovendo um espaço de compra de produtos artesanais e troca de conhecimentos modernos e ancestrais.

Envolvendo sobretudo jovens e estudantes de diferentes localidades da região do Vale do Iguape e turistas vindos de Salvador, Feira de Santana e outras cidades próximas, a feira acontece na zona rural, distante há apenas 25 minutos de carro saindo do centro histórico de Cachoeira, com acesso via estrada ou por um passeio de barco pelo Rio Paraguaçu durante cerca de 1 hora de viagem. Confira mais das rotas aqui: http://migre.me/m15il (de carro)http://migre.me/m18S9 (de barco).

Histórico da Feira Cultural do Iguape

Criado em 2009, pela necessidade que a comunidade sentia em expressar sua cultura, auto-valorizando a sua juventude e as suas tradições de matriz africana, o projeto “Sou Negro e Trago Livre os Meus Sonhos”, reconhecido em 2013 como Lei Municipal, vem realizando ações continuadas com o objetivo principal de firmar o reconhecimento do povo quilombola da região do Iguape. A Feira de Cultura Afro-brasileira é uma destas ações que engloba outras realizações no campo da música, com grupo ijexá “Os Bantos” – confira o videoclipe gravado na comunidade – da dança artística quilombola e da capoeira, como principais exemplos.

O projeto além de envolver todas as comunidades da região, entre escolas, grupos culturais e artísticos, tem como característica progressiva discutir amplamente temas de políticas públicas em comunidades quilombolas do Recôncavo, trazendo convidados que transportam naquele espaço o olhar científico para o diálogo com os saberes e fazeres mantidos há pelo menos 400 anos por essas populações na região do Iguape.

Este ano a Feira de Cultura Afro-brasilera vem trazendo na programação um leque que representa a cultura da região do Vale do Iguape com artesanatos e produtos locais variados, música tradicional ijexá, oficinas de percussão para visitantes, exposição de artistas locais com a iniciativa “Varal das Artes”, manifestações culturais como o Nego Fugido e a festa embalada por água de cheiro na Lavagem Sou Negro que percorre as ruas de Santiago. A programação completa e os horários das realizações você confere no Portal A Ponte em breve.

Como principal novidade, esta edição que homenageia as Marisqueiras, na sua maioria mães que sutentam com um trabalho exaustivo e diário as famílias da região, debatendo o tema “O protagonismo das mulheres no mundo do trabalho”, além de uma exposição sobre a pesca artesanal que traz pessoas para conhecer nosso quilombo, interagirem com a cultura e belezas naturais.

Entre catados de siri, sururu, camarão, chumbinho, caranguejo, e muitos outros, mais de 100 quilos são estimados para serem comprados diretamente das marisqueiras locais, preparados com o melhor do tempero baiano e oferecidos em meio à feira cultural gratuitamente, como forma de arrecadar doações de valor-livre de cada participante, contribuindo ao final com toda comunidade e os visitantes. 

“Proporcionar uma experiência única em quem vem à nossa casa é nosso maior estímulo. Essa troca, levar o que temos de melhor e nos ensinar o que de melhor se aplica, é o que faz tudo se manter de pé e caminhando há seis anos. Esperamos que muitos novos interessados venham conhecer este lugar lindo e nosso trabalho de manutenção cultural e valorização social. Este é o nosso maior orgulho e dos nossos jovens e educadores envolvidos neste trabalho importante para nossa identidade”, afirma otimista a organizadora Pan Batista, uma das idealizadoras da feira.

PROGRAMAÇÃO GERAL

DIA 28 DE NOVEMBRO (SEXTA-FEIRA)

LOCAL: COMUNIDADE QUILOMBOLA DE SANTIAGO DO IGUAPE/ CACHOEIRA- BAHIA
8H – CREDENCIAMENTO
LOCAL: Praça Geraldo Simões (STAND)
8:30H – CONFERÊNCIA DE ABERTURA
LOCAL: Praça Geraldo Simões (STAND)
ASSOCIAÇÃO DE PESCADORES E MARISQUEIRAS DO IGUAPE (PAN BATISTA), ASSOCIAÇÃO QUILOMBOLA DE SANTIAGO DO IGUAPE(EDSON FALCÃO),COORDENAÇÃO DE POLITICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE-COMPPIR (BUDA DE BABOSA).
TEMA: DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE DAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS DO IGUAPE MEDIADORA: MARTA BARROS
9H – MESA I: O PROTAGONISMO DAS MULHERES NO MUNDO DO TRABALHO
LOCAL: Praça Geraldo Simões (STAND)
CONVIDADOS: MAYARA PLÁCIDO (UFBA), ROSY OLIVEIRA (UFRB), SIDA SILVA (UFRB). MEDIADORA: JANETE MAGNO
11H – MESA II: RELATOS DE VIDA DE MULHERES QUILOMBOLAS-MEMÓRIA E IDENTIDADE ÉTNICA
LOCAL: Praça Geraldo Simões (STAND)
CONVIDADOS: MARIA DA CONCEIÇÃO. ABADE DA SILVA.CONFESSOR (ASS.QUILOMBOLA DO DESENVOLVIMENTO DO ENGENHO DA PONTE),MARIA DAS GRAÇAS SILVA DE BRITO (MARIA DE TOTÓ-ASSOCIAÇÃO DE MULHERES DO TABOLEIRO DA VITORIA E ADJACÊNCIAS), VALDECI DE JESUS CONCEIÇÃO (MARISQUEIRA COMUNIDADE QUILOMBOLA DE SANTIAGO DO IGUAPE), MIRIAM BARROS (COMUNIDADE QUILOMBOLA DO GUAXINIM-CRUZ DAS ALMAS. MEDIADORA: JANETE MAGNO
HOMENAGEM E ENTREGA DO TRÓFEU “SOU NEGRO E TRAGO LIVRE MEUS SONHOS” EM MEMÓRIA: MARIA SÃO PEDRO CARDOSO DOS SANTOS (DONA NÊGA DA COMUNIDADE QUILOMBOLA DO ENGENHO DA PONTE)
DAS 12H ÀS 14H – ALMOÇO MUSICAL
LOCAL: Praça Geraldo Simões (PALCO FLORES DO MANGUE)
GRUPO SONHOS LUMINOSOS
ALMOÇO E EXPOSIÇÃO E VENDAS DE PRODUTOS LOCAIS: FARINHA DE MANDIOCA, PEIXE SECO, MOQUECA DE FOLHA, AZEITE DE DENDÊ, MARISCOS, CAMARÃO SECO, QUIABO, AIMPIM, BEIJU, MEL E DOCES CASEIROS
LOCAL: PRAÇA GERALDO SIMÕES (VILA DOS PESCADORES E MARISQUIERAS DO IGUAPE-CIRCUITO DE VENDAS DE COMIDAS E BEBIDAS)
PARTICIPAÇÃO DE STANDS DO CESOL
DAS 14H ÀS 16H – OFICINAS
LOCAL: PRAÇA GERALDO SIMÕES (STANDS DE OFICINAS)
CULINÁRIA LOCAL (MARISQUEIRAS)
20 PESSOAS
EDUCAÇÃO QUILOMBOLA
FACILITADORA: Ana Fátima dos Santos (Mestranda em Crítica Cultural-UNEB, Especialista em Docência do Ensino Superior: educação Presencial e a Distância, Licenciada em Letras com habilitação em Língua Portuguesa)
PÚBLICO ALVO: COORDENADORES,GESTORES DE ESCOLAS E PROFESSORES,ESTUDANTES
15 PESSOAS
MULHERES E FORMAS DE VIOLÊNCIA (OPAR)
FACILITADORES: LEILA MARIA,LILIAN VENTURA E ALINE PACHECO
15 PESSOAS
PULVERART
FACILITADORES: VIVIANE SANTOS E MARCIO ANTONIO DA SILVA
20 PESSOAS
OFICINA DE PERCUSSÃO
FACILITADORES: JAQUE,RALADO
20 PESSOAS
DANÇA AFRO
FACILITADOR: JUNIOR XAVIER
30 PESSOAS
16H – APRESENTAÇÃO CULTURAL
LOCAL: Praça Geraldo Simões (PALCO FLORES DO MANGUE)
GRUPO DE CAPOEIRA DO QUILOMBO
17H – APRESENTAÇÃO MUSICAL
LOCAL: Praça Geraldo Simões (PALCO FLORES DO MANGUE)
GRUPO OBADX (ORQUESTRA COM BERIMBAUS AFINADOS DAINHO XEQUERÊ)
LOCAL: Praça Geraldo Simões (PALCO FLORES DO MANGUE)
18H – APRESENTAÇÃO CULTURAL
LOCAL: Praça Geraldo Simões(PALCO FLORES DO MANGUE)
DESFILE BELEZA NEGRA DO IGUAPE
GRUPO PERCUSSIVO MENINOS DO IGUAPE
19H – APRESENTAÇÃO MUSICAL
LOCAL: Praça Geraldo Simões (PALCO FLORES DO MANGUE)
GRUPO CONCEITO ARTICULADO
20H- APRESENTAÇÃO MUSICAL (ENCERRAMENTO)
LOCAL: Praça Geraldo Simões (PALCO FLORES DO MANGUE)
SOM DO REGGAE (VALDENIR FERNANDES )
GRUPO MAIS OU MENOS ASSIM

DIA 29 DE NOVEMBRO (SÁBADO)

8H – CREDENCIAMENTO
LOCAL: Praça Geraldo Simões (STAND)
9H – MESA I: ACESSO E PERMANÊNCIA DOS QUILOMBOLAS NAS UNIVERSIDADES:DESAFIOS E PERSPECTIVAS
LOCAL: Praça Geraldo Simões (STAND)
CONVIDADOS: MARTA BARROS (UEFS), ALLAN CLAYTON (UEFS), ERICA CRISTINA (UFRB), IZABELLI SANTOS (UFRB), LUCIENE CRUZ (UEFS). MEDIADORA ANA PAULA CRUZ
9H – PROGRAMAÇÃO MENINOS DE ENGENHOS
PÚBLICO ALVO CRIANÇAS E JOVENS DO QUILOMBO (IDADES DE 8 Á 15 ANOS)
OFICINA DE XILOGRAVURA
50 PESSOAS
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: VARAL DAS ARTES DE CACHOEIRA
10H – RODÃO DE CAPOEIRA: HOMENAGEM A RESSITÊNCIA DA CAPOEIRA NO IGUAPE (Muleki é Tu e Ginga Mundo)
Coordenação: Nei Pontão
ATIVIDADES NO LOCAL COM JOVENS E CRIANÇAS
Local: Praça Geraldo Simões (QUADRA POLIESPORTIVA)
11:30H ÀS 13H – LAVAGEM “SOU NEGRO E TRAGO LIVRE OS MEUS SONHOS”
LOCAL DE SAÍDA: TRIÂNGULO RUA DIRETA (ENTRADA DA COMUNIDADE)
LOCAL DE CHEGADA: PRAÇA GERALDO SIMÕES (NO PALCO FLORES DO MANGUE)
12H – ALMOÇO
TRADICIONAL MARISCADA DO IGUAPE
LOCAL:PRAÇA GERALDO SIMÕES (STAND MARISCADA DO IGUAPE)
EXPOSIÇÃO E VENDAS DE PRODUTOS LOCAIS: FARINHA DE MANDIOCA, PEIXE SECO, MOQUECA DE FOLHA, AZEITE DE DENDÊ, MARISCOS, CAMARÃO SECO, QUIABO, AIMPIM, BEIJU, MEL E DOCES CASEIROS
PARTICIPAÇÃO DE STANDS DO CESOL
LOCAL: PRAÇA GERALDO SIMÕES (VILA DOS PESCADORES E MARISQUIERAS DO IGUAPE-CIRCUITO DE VENDAS DE COMIDAS E BEBIDAS)
14H – PROGRAMAÇÃO ESPECIAL (MANIFESTAÇÃO NEGO FUGIDO)
LOCAL: PRAÇA GERALDO SIMÕES(PALCO SOU NEGRO)
15H ÀS 20H – APRESENTAÇÃO MUSICAL
LOCAL: Praça Geraldo Simões (PALCO FLORES DO MANGUE)
SAMBA DE RODA RAIZES DO BOUQUEIRÃO FILHOS DE SÃO FRANCISCO
OS BANTOS
COZINHA DE CASA

TRIBO DE LEVI

Deixar uma resposta