O que as meninas negras de 14 a 18 anos do Projeto Ayomide Odara querem dizer pro mundo?

Paz, solidariedade, respeito, compaixão, empatia e união: o mundo pode ser outro se juntarmos nossas forças e construirmos uma sociedade onde as nossas vozes possam ser ouvidas e fortalecidas por todos. 

Nós, jovens negras, temos poder para mudar tudo, sem medo, livres e cheias de energia para ocupar e modificar. Nós vamos tomando posse, vamos mudando a cena. A frase da Elza Soares já diz tudo que o mundo precisa ouvir: “Precisamos ser criadas para a liberdade, o mundo é grande demais para não sermos quem a gente é”.

Somos livres para tomar nossas próprias escolhas, livres para construirmos uma sociedade de diversidade e poder para todas nós, a liberdade é não temer nada e nem ninguém. 

Não vamos nos calar, não vamos aceitar racismo, homofobia, gordofobia e nenhum outro tipo de preconceito, porque reconhecemos quem somos. Não vamos mais aceitar nenhuma violação de direitos, vamos lutar pelo nosso local de fala e poder.

Temos sonhos e ambições. Somos corajosas e determinadas. Não somos nossa aparência e nem os rótulos que colocam sobre nós. Somos o futuro, e no futuro, o mundo será dominado por nós, mulheres negras. 

Somos um mar de renovação e seguiremos em marcha!

Assine o Boletim Odara:



Compartilhe:

Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.