Lançamento da 2ª Marcha Nacional de Mulheres Negras acontece nesta quinta-feira (21) em todo o país

Além de live de lançamento oficial, atividades presenciais e ocupaçõesacontecerão em 22 cidades brasileiras, e também na Argentina

Na próxima quinta-feira, 21 de março, quando é celebrado o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial, o Movimento de Mulheres Negras convoca toda a sociedade brasileira para o lançamento da 2ª Marcha Nacional das Mulheres Negras, que será realizada em novembro de 2025, em Brasília (DF). 

A primeira Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver, aconteceu em 2015, e reuniu cerca de 100 mil mulheres nas ruas de Brasília, um marco histórico e político para o Movimento de Mulheres Negras no Brasil. A marcha também impulsionou o fortalecimento e crescimento da articulação em rede de organizações de norte a sul do país, além de fomentar o debate sobre o poder e a participação política das mulheres negras em várias esferas da sociedade brasileira.

A meta para a segunda edição da Marcha é reunir 1 milhão de mulheres negras na capital federal. Para isso, a Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB), a Rede de Mulheres Negras do Nordeste (RMNN) a Rede Fulanas – Negras da Amazônia Brasileira e o Fórum Nacional de Mulheres Negras, convocaram os grupos e movimentos de mulheres negras para o lançamento da 2ª Marcha, que acontecerá tanto virtualmente, através de uma live com lideranças do movimento de todo o país, como por meio de mobilizações locais em 30 cidades brasileiras, além de um evento na Argentina.

Naiara Leite, coordenadora executiva do Odara – Instituto da Mulher Negra e membra da coordenação da Rede de Mulheres Negras do Nordeste, enfatiza que a Marcha das Mulheres Negras é um marco para fortalecer a agenda de luta contra o racismo e todas as opressões que afetam as mulheres e as populações negras. Ela explica que desde a primeira marcha, em 2015, houve uma ampliação das narrativas, agendas e vozes das mulheres negras em todo o país.

“Saímos de 2015 mais fortes, com mais organizações, grupos, coletivos, com mais mulheres negras disputando espaços de decisão. Dez anos depois vamos às ruas novamente denunciar as violações que seguem ceifando as vidas negras em todos os sentidos. Seremos 1 milhão pedindo justiça e radicalizando a luta contra o racismo, por reparação e pelo Bem Viver”, destaca Naiara.

Maria das Dores Almeida, conhecida como Durica Almeida, membra da coordenação do Instituto de Mulheres Negras do Amapá (IMENA) e presidente da Rede Fulanas,  relembra os passos para a criação da Marcha, que surge a partir da ideia visionária de Nilma Bentes, uma ativista negra histórica, membra e cofundadora do Centro de Estudos e Defesa di Negro do Pará (CEDENPA). Durica ainda afirma que é necessário um diálogo mais aprofundado com a sociedade brasileira sobre reparação histórica. 

“Este ano estamos trazendo à tona a discussão sobre reparação. É necessário pensar o que esse debate significa para nós, mulheres negras brasileiras. E o que significa para a sociedade. A Marcha é também uma forma de cobrarmos do governo deste país o que pedimos há dez anos. É primordial revisitar a carta manifesto e, a partir daí, fazer  uma análise do que fomos atendidas e do que ainda precisamos exigir do Estado brasileiro em termos de reparação para a população negra brasileira”, afirmou Durica, fazendo referência a Carta da Marcha das Mulheres Negras 2015.

Lançamento Oficial da 2ª Marcha Nacional das Mulheres Negras acontecerá em formato híbrido. Enquanto no on-line acontecerá um diálogo intergeracional com mulheres negras ativistas de diferentes organizações e territórios do país, que será transmitido através do canal do Youtube da Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB). No presencial, ativistas negras de 81 organizações, de 5 regiões do país, de 17 estados, estarão juntas em 22 ações presenciais em seus territórios para impulsionamento e visibilidade dessa articulação. A agenda ainda conta com uma atividade internacional, na Argentina.

Confira abaixo as atividades de cada estado:

AMAPÁ

Atividade: Piquenique: Fulanas Amapá – Por Reparação e Bem Viver

Horário: 16h às 19h

Organização Responsável:  Rede Fulanas | Associação de Mulheres Mãe Venina do Quilombo do Curiau | União dos Negros do Amapá | Coletivo de Mulheres Negras de Oiapoque 

Local: Centro de Cultura Negra do Amapá – R. General Rondon, nº 803,  Laguinho, Macapá

Instagram: @imena_ap | @una.ap | @coletivo_de_mulheres_negras/ @maeveninasdocuriau | @redefulanas | @negrasdaAmazôniaBrasileira 

AMAZONAS

Atividade: Café com Elas

Horário: 17h30

Organização Responsável:  Rede Fulanas | Coletiva Banzeiro Feminista

Local: Rua Miquerinos, nº 158, Cidade Nova, Manaus – AM

Instagram: @redefulanas

BAHIA

Atividade: Roda de conversa com mulheres do campo de Taperoá 

Horário: 16h

Organização Responsável:  AFRUTA – Associação de agricultores e agriculturas de Taperoá 

Local: Praça da Itiuba, Taperoá – BA

Instagram: @mararozendo

BAHIA

Atividade: Ato de Lançamento da 2ª Marcha Nacional de Mulheres Negras 2025, em Salvador – BA

Horário: 17h 

Organização Responsável: Odara – Instituto da Mulher Negra | Grupo de Mulheres do Alto das Pombas (GRUMAP) | Associação Papo de Mulher | Rede de Mulheres Negras da Bahia | Revista Afirmativa – Coletivo de Mídia Negra | Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas (RENFA) | Coletivo das Liliths | Coletivo de Professoras da Rede Municipal de Salvador | Associação de Mulheres Koxerê | Instituto Elos | Fogo no Pavio – Juventude do MTST | Coletivo Angela Davis – UFRB

Local: Praça Terreiro De Jesus, S/N, Pelourinho, Salvador (BA)

Instagram: @odarainstituto | @grumap | @papodemulher.associacao | @rededemulheresnegras | @revistaafirmativa | @renfantiproibicionista | @mulhereskoxere | @dasliliths.ba | @coletivo.angeladavis | @fogonopavio | 

CEARÁ

Atividade: CinemÁfrica ao Luar – vídeo 10 anos de Marcha das Mulheres Negras do Cariri e Brasil

Horário: 18h 

Organização Responsável: GRUNEC – Grupo de Valorização Negra do Cariri 

Local: Sede do GRUNEC – Rua Coronel Secundo, nº 287,  Crato (CE)

Instagram: @grunecariri

GOIÁS

Atividade: Marcha de Mulheres Negras 2025 – Lançamento Goiás 

Horário: 18h30

Organização Responsável: Coletiva Pretas de Angola

Local: Livraria Palavrear – R. 232, nº 338, Setor Universitário, Goiânia

Instagram: @pretasdeangola

MARANHÃO

Atividade: Maranhão Rumo à Marcha de Mulheres Negras 2025: Por Reparação e Bem Viver. 

Horário: 17h 

Organizações responsáveis: Grupo de Mulheres Negras Mãe Andresa | Rede de Mulheres Negras do Maranhão

Lugar:  Centro de Referência da Economia Solidária – CRESOL – Praia Grande / Centro Histórico –  São Luís – (Próximo a Casa do Maranhão)

Instagram: @grupomaeandresa |@remnegra

PARAÍBA

Atividade: Café das Pretas – Lançamento da II Marcha das Mulheres Negras PB

Horário: 16h

Organização Responsável: Abayomi – Coletiva de Mulheres Negras na Paraíba |

Nean Oju Obá | Movimento de Mulheres Negras na Paraíba | Rede de Mulheres de Terreiro | Marcha da Negritude Unificada | Organização de Mulheres Negras de Caiana dos Crioulos |  Baque Mulher JP | ACMC-PB | ANPSINEP | Sindicato das Trabalhadoras Domésticas da PB | Candaces PB 

Local: Sede do Baque Mulher JP, Praça Antenor Navarro, nº 47, Varadouro, João Pessoa – PB

Instagram: @abayomipb | @negritudesnoppga_ufpb |@mulheresnegraspb | @negritudeunificadapb | @baquemulherjp | @acmcrtpb | @anpsinep | @sintraderpb | @candacespb

PERNAMBUCO

Atividade: Roda de Diálogo: Memórias e aprendizados da Marcha das mulheres Negras, rumo a 2025

Horário: 18h

Organização Responsável: Rede de Mulheres Negras de Pernambuco 

Local: R. Gervásio Pires nº 234, 4º andar, sala 406, Boa Vista, Recife

Instagram: @redemulheresnegraspe

PIAUÍ

Atividade: Mobilização de Mulheres Trans Negras rumo à 2ª Marcha Nacional de Mulheres Negras

Horário: 18h

Organização Responsável:  Fórum Nacional de Travestis e Transexuais Negras e Negros – FONATRANS

Local: Sede do FONATRANS, Rua Três de Maio, nº 894, Centro, Picos – PI

Instagram: @fonatrans

PIAUÍ 

Atividade: Organização do Comitê da Marcha das Mulheres Negras 2025 no Piauí

Horário: 17h

Organização Responsável: Rede de Mulheres Negras do Piauí | Ayabás – Instituto Da Mulher Negra do Piauí | Mulheres da Guia | AMB -PI | Associação de Mulheres do Itararé | Marias da Terra | APNS/PI | Frente Popular de Mulheres Contra o Feminicídio | Grupo de Mulheres Dandara | Cabelos de Axé

Local: Memorial Esperança Garcia , Avenida Miguel Rosa, nº 3400, Centro Sul, Teresina (PI)

Instagram: @mulheresdaguia | @ayabas_piaui | @frentepopulardemulherespiaui | @aprosppi | @amui

RONDÔNIA

Atividade: Unegro-Rondônia 

Horário: 17h30

Organização Responsável: UNEGRO – União de Negras e Negros pela Igualdade (RO)

Local: SINPROF, R. Manuel Laurentino de Souza, 2599 – Embratel, Porto Velho 

Instagram: @jamylevanessabrasil

RIO DE JANEIRO

Atividade: Exposição fotográfica e Palestra: Memórias da Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo a Violência e pelo Bem Viver (2015)

Horário: Exposição fotográfica: 10h às 20h; Palestra: 13h30 às 15h; Projeção da live do Lançamento: 18h30

Organização Responsável: Rede de Mulheres Negras do Rio de Janeiro 

Local: Instituto Federal do Rio de Janeiro – IFRJ, Rua Lúcio Tavares, 1045 – Centro, Nilópolis 

Instagram: @redemulheresnegras.rj

RIO GRANDE DO NORTE

Atividade: Lançamento da II Marcha Nacional das Mulheres Negras

Horário: 18h30

Organização Responsável: NEGEDI – Núcleo de Estudos em Educação, Gênero e Diversidade | YALODÊ – Instituto Afroacademia Lélia Gonzalez | MOTIVART – Associação dos Artesãos e Artesãs da praia de Santa Rita | Coletivo Olga Benário | UNEGRO – União de Negras e Negros pela Igualdade | NEAS – Núcleo de Estudos Auta de Souza (Mulherio Zila Mamede)

Local:   Livraria Manimbu, Rua Açú, nº 666A, Tirol, Natal – RN

Instagram: @noskilombo | @yalodeinstitutoafroacad | @negedi_ifrn, @mulheriozila | @motivartpotiguar | @olgabena | @unegro.rn | @coletivoascarolinas

RIO GRANDE DO NORTE

Atividade: Mulheres Quilombolas em Marcha 2025

Horário: 18h30

Organização Responsável: Mulheres Quilombolas em Marcha 2025

Modalidade: Virtual

Instagram: @conaqquilombos

SÃO PAULO

Atividade: Roda de conversa : Marcha das Mulheres Negras 2015 + 10

Horário: 18h

Organização Responsável: YIlera: Ancestralidade e Saúde

Local:  Casa Ilera, Rua Galdino Nascimento, nº 241, Parque Guaianases, São Paulo

Instagram: @ilera.a

SERGIPE

Atividade: Mulheres Negras pelo Bem-Viver: Luta por Reparação e Direitos

Horário: 9h

Organização Responsável: Rede de Mulheres Negras de Sergipe | Instituto Ofoitan | UJC | Coletivo Defensoras e Defensores pela Democracia | Comunidade Bom Pastor | AmoSerTrans | Coletivo Bueiro | Fórum de Entidades Negras de Sergipe | Núcleo de Mulheres Negras Omiró | Auto-organização de Mulheres Negras de Sergipe Rejane Maria \ Instituto Braços | Movimento Negro Unificado – SE | Unegro-SE | Movimento Olga Benário | Afronte – SE

Local:  Comunidade Bom Pastor, Rua Efren Fernando Fontes, nº 65 – Santos Dumont – Aracaju

Instagram: @redemulheresnegrasdese 

TOCANTINS

Atividade: Roda de conversa papo e prosa mulher

Horário: 18h

Organização Responsável: Ajunta Preta – Coletivo Feminista de Mulheres Negras | Alagbara – Articulação Alagbara Tocantins | Gruconto – Grupo de Consciência Negra do Tocantins

Modalidade: Presencial

Local: Praça da Matriz, R. Jackson de Figueiredo, nº 372, Arauá – SE

Instagram: @ajuntapreta | @alagbaramulher | @gruconto.apns.tocantins

TOCANTINS

Atividade: Lançamento da Marcha Nacional de Mulheres Negras no Tocantins – Criação do Comitê Impulsor Estadual

Horário: 17h

Organização Responsável: Coletivo Feminista de Mulheres Negras do Tocantins | Ajunta Preta | Coletivo de Mulheres Negras e Populares de Porto Nacional | Rede Alagbara | Gruconto – Grupo de Consciência Negra do Tocantins | Oorun Obinrin: Instituto da Mulher Negra | Sintet | Associação Negra Cor de Araguaína 

Local: Sede do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Tocantins, Qd 110 Norte, Alameda 25, Lote 31, Plano Diretor Norte, Palmas 

Instagram: @ajuntapreta @alagbaramulher @gruconto.apns.tocantins

PARANÁ –  23 DE MARÇO 

Atividade: Sabores Ancestrais: Marcha, Samba e Feijoada

Horário: 8h às 17h 

Organização Responsável: Rede de Mulheres Negras do Paraná 

Local: Sindipetro – R. Lamenha Lins, 2064 – Rebouças, Curitiba – PR

Instagram: @redemulheresnegraspr


INTERNACIONAL (Horário local dos países)

ARGENTINA

Atividade: Lançamento da 2ª Marcha Nacional de Mulheres Negras 

Horário: 18h

Organização Responsável: Matamba LBTTNB 

Modalidade: Presencial

Local: Ciudad Autonoma de Buenos Aires

Instagram: @matamba_lbtiq+


SERVIÇO – Lançamento Oficial da 2ª Marcha Nacional das Mulheres Negras
Quando: 
21 de março de 2024 – 18h30
Onde: On-line: Canal do Youtube da Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB) | Presencial: Organizações estaduais
Mais informações em: amnb.org.br

Assine o Boletim Odara:



Compartilhe:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *